Contato

Transformação nas ondas do bodyboarding capixaba

26/10/2018

Transformação nas ondas do bodyboarding capixaba

Apoiada pelo Oi Futuro, a Escola Coral de Bodyboarding atende 80 crianças e jovens moradores de Vila Velha com esporte e protagonismo juvenil. / Foto: Divulgação Instituto Vida

Promover a saúde física, mental, cidadania e a inclusão: essas são algumas das finalidades da prática esportiva incentivada na Escola Coral de Bodyboarding. O projeto, que faz parte do Instituto Viva Vida, é apoiado pelo Oi Futuro e oferece aulas de bodyboard para 80 crianças e jovens moradores de Vila Velha, no Espírito Santo.  A Escola vem colaborando com a transformação da realidade dos alunos e dando ótimos resultados com o incentivo ao protagonismo juvenil.

Rannyer Lírio, 15 anos, é um dos jovens beneficiados pelo projeto e está se destacando no cenário nacional:  ele conquistou antecipadamente o Circuito Capixaba de 2018 nas categorias Sub 16 e Sub 18. Segundo o atleta, o esporte está impactando a vida dele de forma surpreendente e hoje ele sonha em ser campeão mundial. “Esse projeto é tudo na minha vida. Está me ajudando dentro e fora da água, me formando um cidadão melhor, desenvolvendo minha disciplina e me fazendo acreditar que meu sonho é possível”, conta Rannyer.

Além dele, outros esportistas da escola têm alcançado importantes posições no ranking nacional do esporte, como o surfista Caio Reis, 17 anos, que lidera a categoria Sub 18. Ocupando o 2° lugar na categoria Open, Gabriel Castelan, 20 anos, está na Escola Coral de Bodyboarding desde 2014. O surfista conta que os treinos no Instituto são intensos, mas que o inspiram pessoalmente e profissionalmente. “O Bodyboard une a tranquilidade da praia e a adrenalina das ondas e eu acredito que esse equilíbrio me motiva a sempre querer estar surfando”, explica Gabriel.

O potencial dos brasileiros no esporte

O projeto fica no Espírito Santo, um dos estados que sediam o Campeonato Brasileiro de Bodyboarding e revelou Neymara Carvalho, a atleta brasileira com o maior número de títulos nacionais e internacionais no esporte, sendo pentacampeã mundial na modalidade. Além dela, outro brasileiro reconhecido mundialmente pelo talento é o carioca Guilherme Tâmega, que foi hexacampeão no esporte, sendo superado apenas pelo rei do bodyboarding, o estadunidense Mike Stewart.

#JuntosTransformamos

Inscreva-se e faça parte da nossa rede! Receba informações sobre editais, cursos e programação

#JuntosTransformamos