Contato

Como apoiamos

Os selecionados participarão de uma residência de três meses em que terão acesso gratuito a toda a infraestrutura do LabSonica, incluindo o uso dos estúdios, apoio à divulgação dos projetos realizados no espaço e pitchings com produtores e curadores de festivais de música.

O selo selecionado deverá gravar um álbum, de um EP inédito e elaborará uma playlist com todas as músicas gravadas na residência em uma plataforma de streaming, a ser escolhida pelo Oi Futuro. Também está prevista uma apresentação única – que poderá ser um pocket show, uma performance ou qualquer apresentação sobre o processo de residência. Além disso, o Oi Futuro realizará dois pitchings com curadores e produtores dos festivais de música patrocinados pela Oi e apoiados pelo instituto, como forma de aproximação e estabelecimento de uma rede de trocas com o ecossistema da música nacional.

Confira mais informações sobre os selecionados:

Selo Porangareté

Criado por Chico Chico com Maria Eugênia Martins e Rodrigo Garcia, o Porangareté quer lançar jovens compositores, compositoras, cantores e cantoras. O projeto do selo é a gravação de uma coletânea e quatro EPs artistas que ainda não lançaram seus primeiros trabalhos fonográficos

Selo Quente

Fundado em Belo Horizonte, o selo Quente vai trabalhar com três bandas da cena mineira: Young Lights, Dibigode e Oceania. O projeto prevê ensaios abertos ao público na primeira semana e inicar as gravações, além do lançamento dos EPs dos três grupos.

Selo Brasileiríssimos

Produtora de shows e selo que nasceu a partir de uma página do Facebook voltado para a divulgação da música, com atuação em diversos estados do Brasil, o Brasileiríssimos vai ocupar o LabSonica com a intenção de dar oportunidade a artistas que têm dificuldades de entrar no mercado da música.

Inscreva-se e faça parte da nossa rede! Receba informações sobre editais, cursos e programação

#JuntosTransformamos