Acessibilidade
Contato

Viaje na sua própria história

Cada visitante é parte do museu

O Musehum une passado e futuro, memórias e tendências, para provocar reflexão sobre o impacto das comunicações no desenvolvimento da humanidade. Com atrações interativas inéditas, ambientes imersivos e novas tecnologias, como realidade virtual, displays interativos sensíveis ao toque, fotografia digital 3D, monitores de LED de alta definição, celular, game e outros, o MUSEHUM oferece ao público uma experiência única a cada visita. O acervo conta com mais de 130 mil peças, cerca de 30% a mais do número de objetos em exposição permanente, incluindo alguns nunca vistos pelo público.

DE MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES A MUSEHUM

A instituição nasceu como Museu do Telephone, inaugurado em 1998, onde funcionava a estação telefônica Beira-Mar. Em 2007, o museu ganhou uma perspectiva mais ampla virando o Museu das Telecomunicações, passando a abordar a expansão da internet, da telefonia celular e da indústria de telecom. Agora, como MUSEHUM – Museu das Comunicações e Humanidades o Oi Futuro dá um passo à frente ao centrar a narrativa do museu nas relações humanas, entendendo que não basta falar de tecnologia sem tratar da troca de afetos e conhecimentos que motiva as conexões e as redes. Essa nova visão motivou um reposicionamento da marca e uma restruturação física e tecnológica do espaço, para colocar o visitante no centro da experiência de visitação e contemplá-lo como parte integrante do repertório do museu.

O novo formato do museu possibilita que a curadoria renove a exposição com maior frequência, tanto a seleção de itens de acervo, quanto os conteúdos multimídia disponíveis para interatividade, de forma que, a cada visita, o público terá novidades para descobrir e experimentar.

INSTALAÇÕES

Ambiente imersivo: Quem sou eu nas redes sociais e Redes Reais?

Neste museu, a tecnologia está presente não só nas formas de interação, mas também no conteúdo apresentado. Em grupos de duas a quatro pessoas, o público entra numa cápsula espelhada, onde é envolvido por uma experiência de luzes, sons e efeitos visuais que revela seus próprios rastros digitais e conexões; a instalação reforça a necessidade de mantermos nossos laços fora do ambiente digital.

Experiência em Realidade Virtual: Na dobra do tempo

Com o uso de óculos de realidade virtual, o visitante faz uma espécie de viagem no tempo, em que conhece o passado do prédio histórico que abriga o museu, onde há mais de 100 anos funcionava a Estação Telefônica Beira-Mar, com dezenas de telefonistas em plena atividade, trabalhando para conectar pessoas a partir de casos reais encontrados em pesquisas realizadas no acervo documental do museu.

Gabinete de curiosidades: objetos, memórias, afetos

O público poderá conhecer mais de 400 objetos históricos de diversas épocas: aparelhos telefônicos de design variados, celulares, mesas de telefonista, telefones públicos, câmeras, rádios, televisores, computadores e equipamentos industriais de telecomunicações, dispostos em nichos temáticos, alguns deles abertos para que os visitantes possam tocar nos itens;

Janelas digitais: o acervo na ponta dos dedos

Por meio de quatro grandes monitores sensíveis ao toque, o público pode explorar o acervo museológico do Oi Futuro, que possui mais de 130 mil itens, entre objetos históricos, fotos de época, documentos e listas telefônicas. O visitante pode navegar por “playlists” de peças da coleção, sugeridas pela da curadoria do museu a partir de assuntos ou épocas específicos;

Super-selfie: virei peça de museu

Neste dispositivo, o visitante pode tirar uma selfie e gerar uma foto digital 3D de grandes proporções, que mostra uma versão desconstruída da sua própria imagem;

CONFIRA MAIS FOTOS DO ACERVO

Informações para Visitas

Centro Cultural Oi Futuro

Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo, Rio de Janeiro

Tel: (21) 3131-3060

Funcionamento: de terça a domingo, de 11h às 20h

Entrada franca

Classificação etária: livre

Grupos Agendados

Visitas mediada (com agendamento prévio)

O programa educativo Oi Futuro disponibiliza o agendamento para visitas mediadas de terça a sexta, nos horários entre 10h e 17h nos dias úteis, visitas noturnas às quartas e uma visita aos sábados. Aos domingos oferecemos uma visita mediada para público espontâneo às 15h.

Disponíveis para o atendimento de quaisquer grupos: infanto-juvenis, adolescentes, adultos e idosos, grupos de vulnerabilidade social, pessoas com deficiência, com número de no mínimo 05 e máximo de 40 participantes com acompanhantes nos dias úteis e no máximo de 20 participantes + acompanhantes aos sábados e domingos.

Agende uma visita conosco pelo email:programaeducativo.oifuturo@gmail.com

Acessibilidade

O Centro Cultural Oi Futuro dispõe de cadeira de rodas para visitantes com deficiência, banheiros com barras de apoio, acesso por elevador a todos os andares, além de sinalização em braile em bebedouros e elevadores. O Museu oferece atendimento por áudio e vídeo a deficientes visuais, peças do acervo sensíveis ao toque e espaços adequados para circulação de cadeiras de rodas.

O espaço não dispõe de estacionamento próprio e crianças menores de 10 anos só podem visitar o local acompanhadas de um responsável.

Reserva Técnica

O MUSEHUM conta com uma reserva técnica aberta a pesquisas com cerca de 130 mil itens entre documentos de fotografia, periódicos, contas telefônicas, objetos, equipamentos de comunicação e de telecomunicações.

Se você é jornalista, historiador, estudante ou interessado na história das telecomunicações, agende sua visita pelo (21) 3131-1162 ou mande seu email para centrodepesquisa@institutooifuturo.org.br

200122_BarraLogos_CulturaOiFuturo_1

Inscreva-se e faça parte da nossa rede! Receba informações sobre editais, cursos e programação

#JuntosTransformamos