Contato

BRASIS: Pluralidades brasileiras marcam a 15ª edição do Festival Multiplicidade

27/09/2019

BRASIS: Pluralidades brasileiras marcam a 15ª edição do Festival Multiplicidade

Foto: Divulgação

Celebrando seus 15 anos de resistência sem interrupções, a 15ª edição do Festival Multiplicidade é intitulada BRASIS, e pela primeira vez contará com uma programação integralmente nacional. 

Idealizado pelo artista Batman Zavareze, o evento que une imagem e música a partir da tecnologia tem sua eletrizante inauguração com show do grupo soteropolitano BaianaSystem, nesta sexta-feira, dia 27, no Circo Voador. O evento será marcado pelo cenário inédito, formado por novas projeções elaboradas por Filipe Cartaxo, artista visual e integrante do grupo. 

Filipe é responsável também pela criação da tradicional máscara, sempre distribuída para o público nos shows da banda. Para celebrar o encontro do grupo com o Festival Multiplicidade, criou especialmente um desenho inspirado nos povos indígenas e nos grafismos da bandeira nacional. Além disso, pela primeira vez, a banda faz uma experiência expositiva: uma instalação artística com suas referências sonoras, visuais e reflexões, que ficará exposta no Centro Cultural Oi Futuro durante o festival e mostrará os processos particulares de criação do grupo, até então jamais compartilhados com o público.

De 30 de setembro à 6 de outubro, o festival ocupa o Centro Cultural Oi Futuro com exposições, performances e instalações. Ao todo, serão 15 atos divididos ao longo dos sete dias de duração. “Este é um ano que fecha uma trilogia importante em torno das escutas e barulhos que nos guiaram. Agora, mais importante que nunca, estamos olhando para dentro com uma programação 100% brasileira, com muitos artistas e temas que pouco frequentaram o festival. Este é um ano para olhar para os muitos BRASIS que estão sendo excluídos da cena artística”, afirma Zavareze.

Durante o período, acontecerá o lançamento do livro “MULTIPLICIDADE>BARULHO/RESISTÊNCIA” com performance, instalação, leituras e doação dos 11 livros já publicados pelo festival em sua trajetória. O Festival Multiplicidade também promoverá uma aula-intervenção chamada Brasis, sobre história do Brasil e atualidades. A escalação completa conta com artistas como a carnavalesca Rosa Magalhães, Thiago TeGui e o artista plástico Raul Mourão, além de outros nomes. Também participam do time coletivos como Digitaldubs, Poetas do Vagão e Slam das Minas. Confira abaixo a programação completa: 

MULTIPLICIDADE 2019 – BRASIS, 15 ANOS | 15 ATOS

ATO_01: BAIANASYSTEM [SHOW E INSTALAÇÃO “PIB/ PRODUTO INTERNO BRUTO”]

ATO_02: JOHANN MORITZ RUGENDAS REMIX

ATO_03: DONOS DO BRASIL – THIAGO TEGUI

ATO_04: LIVROS – PEGUE, LEIA, DOE (LANÇAMENTO DO LIVRO MULTIPLICIDADE 2017|2018)

ATO_05: FALA QUE EU TE ESCUTO, por Joao Oliveira e Fred Alves

ATO_06: THE NEW BRAZILIAN FLAG, por Raul Murão

ATO_07: AMBIENTE, Rodrigo Penna convida Felipe Storino

ATO_08: CÔNCAVO E CONVEXO, por ROSA MAGALHÃES  em colaboração com Marlus Araújo

ATO_09: ATO_14 – BRASIS (Aula-Intervenção)

ATO_10: INCORPORAIS, por Daniela Dacorso com participação de Leobons

ATO_11: T: PARTITURA #1 POR UMA MICROREVOLUÇÃO, por Denise Milfont 

ATO_12: LUZ COM TREVAS, por Cabelo

ATO_13: POETAS DO VAGÃO

ATO_14: SLAM DAS MINAS

ATO_15: ESTUDANDO O DUB, por Digitaldubs

O Festival Multiplicidade é viabilizado com o patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e da empresa Oi, através do apoio cultural do Oi Futuro.

Inscreva-se e faça parte da nossa rede! Receba informações sobre editais, cursos e programação

#JuntosTransformamos