Contato

10 práticas de Pedro Salomão para uma liderança criativa e inspiradora

24/01/2019

10 práticas de Pedro Salomão para uma liderança criativa e inspiradora

De que forma a chegada das gerações Y e Z no mercado de trabalho altera as relações dentro de uma empresa? Considerados ansiosos, distraídos e ambiciosos, mas também ágeis e multitarefas, os jovens estão provocando novas formas de se pensar o empreendedorismo e a hierarquia. Pedro Salomão, empreendedor e CEO da Radio Ibiza, participou do nosso primeiro ciclo de palestras Inovação e Criatividade em Pauta de 2019, trazendo reflexões importantes sobre liderança, felicidade, empreendedorismo e os desafios do mercado com as novas gerações.

Em seu livro “LYdereZ: o exercício da liderança para conectar gerações”, Pedro conta que é preciso ter empatia para aproveitar o potencial dos jovens e que a liderança deve estar desassociada à hierarquia: “Os jovens não querem mais um crachá, um título, uma casa própria… Eles querem poder ser quem eles são e não abrem mão da felicidade”.

Confira 10 práticas apontadas pelo autor para uma boa liderança e melhores resultados, considerando a nova lógica estabelecida pelas gerações Y e Z:

1)Confiar: o líder precisa confiar na sua equipe e isso deve ser recíproco para que haja mais comprometimento com os desafios do trabalho.

2) Incentivar: muitos líderes não elogiam seus liderados por medo de prejudicar seu prestígio. Porém, Pedro acredita que incentivar é fundamental para potencializar os resultados de uma equipe.

3)Iluminar: Jogar luz e destacar o que há de melhor nas pessoas para que essas características fortaleçam a equipe como um todo.

4)Conversar: não é só sobre falar, é preciso escutar o que o outro tem a dizer.

5)Admirar: muitas lideranças estão acostumadas a só criticar, sem exaltar as vitórias e os talentos dos membros de sua equipe. Para Pedro, a admiração também contribui para o desenvolvimento profissional e pessoal.

6)Agradecer: A gratidão pode atuar como ferramenta de engajamento, uma vez que expõe o reconhecimento do líder diante do alcance de um objetivo por parte do seu liderado ou da equipe

7)Humanizar: empresas são feitas de pessoas que muitas vezes passam mais tempo com seus colegas de trabalho do que com seus familiares. É preciso conhecer melhor quem convive; quem divide a rotina de trabalho.

8)Preparar: Não se sabe quais serão os desafios encontrados no futuro. É preciso preparar a equipe para receber as mudanças da melhor forma e dar mais valor ao processo do que ao resultado.

9)Tolerar: Respeitar as diferenças é fundamental para um ambiente de trabalho mais saudável.

10)Amar: Para Pedro, amar é fazer algo por alguém sem pedir nada em troca e, principalmente, doar o que não se tem. Considerando o tempo como o maior ativo que alguém pode ter, o autor reforça a importância de um líder doar seu tempo para seu colaborador.

 

Inscreva-se e faça parte da nossa rede! Receba informações sobre editais, cursos e programação

#JuntosTransformamos