Acessibilidade
Contato

2022, um ano de conquistas coletivas

22/12/2022

2022, um ano de conquistas coletivas

Ao chegar às portas do novo ano, é importante refletir e celebrar o caminho que nos trouxe até aqui. 2022 foi um ano de conquistas importantes para o Instituto Oi Futuro. Conquistas coletivas, só possíveis porque tecidas pela força da nossa rede. O Oi Futuro trabalhou incansavelmente ao lado do público, de governos, profissionais, organizações, instituições, empresas privadas, projetos e iniciativas da Cultura, da Educação e da Economia Criativa para fazer de 2022 um ano de ações e soluções inovadoras, capazes de promover inclusão, diversidade, desenvolvimento de talentos e oportunidades.

Lançamos três editais para aceleração, formação, apoio, incentivo e capacitação de projetos culturais e da economia criativa, dois deles com foco especial em mulheres, e promovemos os projetos selecionados nos editais de 2021. Selecionamos mais de 20 produções para o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados. Realizamos 10 exposições e 7 espetáculos teatrais em nosso Centro Cultural e apoiamos oito festivais em todas as regiões do Brasil. Recebemos mais de 55 mil visitantes em nosso Musehum – Museu das Comunicações e Humanidades e Centro Cultural. Lançamos a Órbita – uma plataforma educativa gratuita com conteúdos e formação em cultura digital e robótica para quem trabalha com Educação. Criamos um Hub de Talentos para colocação profissional de alunos das escolas do Núcleo Avançado em Educação – NAVE, que são frutos da nossa parceria com as Secretarias de Educação dos Estados de Pernambuco e Rio de Janeiro. Lançamos um e-book MOVE_MT, projeto realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura de Mato Grosso. Celebramos o ranking do Ideb 2021 onde o NAVE-Recife aparece como uma das 10 melhores escolas públicas estaduais do Ensino Médio no Brasil.

Encerramos 2022 consolidando o papel do Oi Futuro como ponto de conexão e articulação entre os diversos atores sociais fundamentais para realização do propósito e objetivo do instituto: a construção de futuros com criatividade, imaginação, consciência coletiva, tecnologia e equidade. Estes futuros começamos a construir no hoje junto com a Oi e com novos e antigos parceiros. British Council, Instituto Ekloos, Estúdio Toca do Bandido, Sebrae, Aliança Francesa, Queremos, Cesar School, VEGA, Instituto Unibanco, Itaú Educação e Trabalho, Instituto Natura, Movimento pela Base, Instituto Sonho Grande, Fundação Telefônica, Instituto Reúna, Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed) e governos do Estado de Mato Grosso, de Pernambuco e do Rio de Janeiro acreditaram na força do coletivo e investiram no sonho de um país e mundo melhores ao nosso lado. Em 2023, queremos que mais nomes entrem nessa aliança.

Essas conquistas e realizações nos prepararam para 2023, um novo tempo que já começou. No início de dezembro, foi apresentado o Comitê Estratégico. Composto inicialmente por Sara Crosman, presidente do Oi Futuro; o ex-diretor do MAM e do Parque Lage, Fábio Szwarcwald; e o head nacional do Ibmec Tech e ex-diretor da CESAR School, Felipe Furtado; o comitê está trabalhando no projeto de inovação e expansão do NAVE e do Centro Cultural, com a mudança de marca e a entrada de novos parceiros.

“Enxergamos o Centro Cultural como o epicentro de uma atuação em Cultura que irradia para todas as regiões do Brasil, formando e fortalecendo verdadeiras redes criativas de Norte a Sul.  A Oi continuará sendo a maior mantenedora do espaço, que se abre pela primeira vez para entrada de novos investidores, seguindo uma tendência de diversificação de investimentos dos equipamentos culturais”, explica Sara Crosman.

Da esquerda para direita, Felipe, Sara e Fabio: o Comitê Estratégico prepara as mudanças para 2023

Conheça, abaixo, alguns dos marcos de 2022 do Oi Futuro:

JANEIRO

 17º  PROGRAMA OI DE PATROCÍNIOS CULTURAIS INCENTIVADOS

O Oi Futuro abriu o ano com o anúncio dos selecionados no edital do 17º Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados. Projetos de todas as regiões do Brasil foram escolhidos para compor a programação do Centro Cultural Oi Futuro ao longo de 2022 e 2023. A seleção reuniu iniciativas que colocam a diversidade em primeiro plano, fomentam novas cenas artísticas e propunham experiências híbridas, imersivas e formatos inéditos de interação com o público. Também foram escolhidos projetos para compor a programação do Centro Cultural Oi Futuro ao longo de 2022 e 2023. Em uma iniciativa inédita, projetos selecionados em outros estados foram convidados a realizar atividades em suas respectivas localidades e também no Centro Cultural, intensificando a troca de conhecimento e ideias e transformando o Oi Futuro em um hub de conexões artísticas de âmbito nacional. Ao longo de 17 edições, o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados apoiou mais de 2.500 projetos em todo o país. Conheça os selecionados desta edição aqui.

EDITAL IMPULSO – 4A EDIÇÃO

Criado pelo Instituto Ekloos em parceria com o Oi Futuro, o Impulso 4 selecionou 10 negócios fluminenses da economia criativa e impacto social. Com foco no fortalecimento de grupos que produzem cultura e se relacionam com pautas de diversidade e inclusão, preferencialmente liderados por mulheres negras, o edital promoveu um ciclo de nove meses de aceleração, mentorias e capacitação com as iniciativas selecionadas. Conheça aqui o resultado do edital.

FEVEREIRO

OPORTUNIDADES DE CARREIRA PARA ALUNOS DO NAVE 

O Oi Futuro e a Oi deram um novo passo na parceria para formação de jovens para o mercado de tecnologia da informação e economia digital. Além do Geração NAVE, programa voltado exclusivamente para contratação de talentos formados no Núcleo Avançado em Educação que em 2022 selecionou 10 egressos para trabalharem como residentes digitais na Oi, criamos o Hub de Talentos. Exclusivo para os ex-alunos das escolas NAVE do Rio e do Recife, formados desde 2008, o canal possibilita que os jovens se cadastrem no banco de talentos da companhia para se candidatarem a diferentes oportunidades do universo tech.

Estudantes do NAVE também participaram da edição especial Geração NAVE + VEGA. Numa parceria inédita com a empresa que se destaca no mercado pelo seu compromisso com a sustentabilidade no agronegócio, o Geração NAVE criou um processo seletivo para selecionar egressos do curso de programação do NAVE para vagas 100% remotas na área de tecnologia da VEGA.

ABRIL

ASA: MULHERES QUE VOAM

Com 400 mulheres de 26 estados brasileiros, a terceira edição do ASA – Arte Sônica Amplificada aconteceu entre fevereiro e maio, envolvendo cantoras, artistas sonoras, musicistas, compositoras, jornalistas, escritoras, produtoras musicais, de rádio e de podcasts, técnicas e engenheiras de som e gravação, designers de som, sonoplastas e outras criadoras no processo de qualificação profissional, desenvolvimento de carreira e criação de rede. O projeto é uma parceria com British Council, WME – Women’s Music Event e as instituições britânicas Lighthouse e She Said.

“A intenção do Oi Futuro é impulsionar as mulheres individual e coletivamente, para que elas possam desenvolver suas próprias potencialidades e também transformar a vida de outras mulheres à sua volta. Dessa forma, esperamos impactar a sociedade, fomentando a equidade, a diversidade e a inclusão”, explica Sara Crosman, presidente do Instituto.

JUNHO

ÓRBITA – TRAJETÓRIAS EDUCACIONAIS

Em junho de 2022, lançamos a plataforma Órbita, que oferece conteúdo e cursos on-line gratuitos para formação de educadores das redes públicas e privadas em todo o Brasil, com foco nas áreas de cultura digital, tecnologia, inovação e criatividade. O projeto combina a experiência do Oi Futuro em 16 anos do programa NAVE com a expertise do British Council. Mais de 67 mil usuários já acessaram a plataforma. Os dois primeiros cursos oferecidos – Cultural Digital para Educação Criativa e Códigos do Futuro: Introdução à Robótica – tiveram 6.244 inscrições. Para conhecer a plataforma e se inscrever em um dos cursos, vá ao site: https://orbita.org.br/.

LABSONICA 2.0

Yas Werneck (RJ), Viviane Pitaya (BA), o trio Soul de Brasileiro (RJ), John Bianchi (RJ), o duo IO Y TE (RJ) e Felipe S (Pernambuco) – os finalistas do Labsonica 2.0

Com objetivo de alavancar a carreira de artistas solo e bandas independentes de diferentes regiões do Brasil, a segunda edição do edital Aceleração Musical Labsonica em parceria com o Estúdio Toca do Bandido teve mais de 500 inscrições. O edital ofereceu um ciclo gratuito de capacitação com jornada de diagnóstico de carreira, minicurso de music business, workshop de planejamento estratégico, pitching, além de mentorias individuais promovidas por especialistas da indústria da música. Os seis finalistas participaram de uma residência para a produção e gravação de EPs. Confira a seleção final e a trajetória do Labsonica aqui!

JULHO

LAB OI FUTURO – LUGAR DE ENCONTROS

Mais de 100 profissionais beneficiados, 15 apresentações musicais e mais de 200 horas de formação oferecidas a artistas de todo o Brasil. O ano foi movimentado no Lab Oi Futuro, nosso espaço de coworking voltado para a economia criativa e para os negócios de impacto social. Um dos grandes projetos que foram desenvolvidos no Lab foi o MARES – Mulheres Artistas em Residência, que ofereceu formação gratuita sobre cadeia produtiva da música para 25 instrumentistas, cantoras e compositoras da cultura popular que culminou com o lançamento de um álbum inédito e o Prêmio Dandara, concedido pela Assembleia Legislativa do Rio. Confira outras iniciativas que passaram pelo nosso Lab Oi Futuro: encontros no Lab.

AGOSTO

MOVE_MT: INTERCÂMBIO E E-BOOOK

A parceria inédita com a Secretaria Estadual de Cultura de Mato Grosso levou o Oi Futuro para o Centro Oeste. O resultado do edital, que promoveu em 2022 um ciclo de seis meses de aceleração com 30 iniciativas da Economia Criativa do estado, foi contado no e-book MOVE_MT: Criatividade do Centro do País para o Mundo (baixe aqui!). No final do ciclo, 14 empreendedoras e empreendedores matogrossenses participaram de uma semana de intercâmbio no Lab Oi Futuro, em uma troca rica de aprendizados e experiências com fazedores e criativos cariocas. Todo esse processo pode ser conferido aqui: MOVE_MT.

Empreendedoras matogrossenses no encerramento do Intercâmbio MOVE_MT no Lab Oi Futuro.

CULTURA CIRCULAR

Trazer as pautas da sustentabilidade e da emergência climática para o centro do universo dos festivais brasileiros, ajudando a construir eventos com melhores práticas socioambientais em todas as suas etapas da operação. Esse é o objetivo do Cultura Circular, um edital realizado em parceria com o British Council que selecionou seis festivais para receber patrocínio de R$ 100 mil cada, a serem investidos na criação de práticas artísticas que discutam a questão ambiental, desenvolvidas por meio de uma residência artística com artistas e realizadores britânicos.

SETEMBRO

LABSONORA E OS SONS DA AMAZÔNIA

Labsonora: imersão na Floresta Amazônica. Foto: Grazi Praia

O Labsonora selecionou 10 artistas da música para participar de uma imersão em residência artística pelo maior bioma natural da Terra, a Amazônia. Em parceria, o Festival Se Rasgum e Labverde, com apoio do Oi futuro e Natura Musica, lançaram um edital que teve mais de 100 inscrições para participar do projeto, que tem foco na criação artística sonora a partir de debates construtivos com especialistas, pesquisadores e povos originários, procurando apontar o papel da arte na conscientização socioambiental. O resultado artístico do Labsonora será apresentado em um festival no Pará no início do ano que vem.  Saiba mais em www.labverde.com/labsonora.

OUTUBRO

NAVE NO TOP 10 DO IDEB

O NAVE-Recife é uma das 10 melhores escolas públicas estaduais de Ensino Médio do Brasil, ocupando o 9º lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb 2021. Indicador que afere a qualidade da educação básica brasileira, o Ideb avaliou mais de 19 mil escolas de todo o país. Considerando apenas escolas estaduais de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional,  o NAVE é a melhor de Pernambuco no ranking. As escolas do NAVE brilharam também nas olimpíadas estudantis com medalhas de ouro nas de Neurociência, de Astronomia e de Ciências, prata na de História e de Química e 12 menções honrosas na de Matemática.

 

NOVEMBRO

RIO INNOVATION WEEK

O Oi Futuro foi destaque em três paineis do Rio Innovation Week, o maior evento de inovação e tecnologia da América Latina, que aconteceu de 8 a 11 de novembro, no Rio de Janeiro. A presidente do instituto, Sara Crosman, e a gerente de programas e projetos do Instituto, Carla Uller participaram da mesa ‘Educar para Inovar: o case NAVE’, que contou com a presença a do ex-aluno do NAVE, Vinnicius Rodrigo, fundador da edtech Cordel. Luciana Adão, coordenadora de Patrocínios Culturais do Oi Futuro, apresentou o ‘ASA: mulheres que voam’. Já Bruna Cruz, museóloga do Musehum – Museu de Humanidades e Comunicação, compôs a mesa ‘Circuito de Arte Digital’, e ao lado de artistas e curadores debateu sobre o espaço ocupado pela arte digital nas instituições de memória, como museus e galeria, e a eterna pergunta: o que é arte?

 

DEZEMBRO

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

O Centro Cultural Oi Futuro conecta parceiros, ações e públicos para incentivar a experimentação e a inovação na arte e na cultura, promovendo o surgimento de novas linguagens e experiências artísticas. Espaço aberto e democrático, com a maior parte da programação gratuita, ele recebeu mostras, instalações interativas, festivais, residências artísticas internacionais, palestras e mesas redondas unindo arte e tecnologia em diferentes formatos e linguagens.  Como a instalação interativa Bloom, de Maotik, obra interativa inédita no Brasil aberta à visitação no início do ano, ela reagia ao movimento e gestos do público criando imagens plasticamente impactantes; e a Bienal de Arte Digital, que reúne 60 artistas brasileiros e estrangeiros e tem obras como Gil Futurível e fica em cartaz até 23 de janeiro de 2023. Para relembrar a programação completa do Centro Cultural em 2022 acesse aqui.

Uma das instalações interativas da Bienal de Arte Digital

O Teatro Oi Futuro teve uma programação diversa em 2022, com espetáculos para o público adulto e infanto-juvenil, monólogos e até uma ópera. E foi também ano de prêmios para peças que passaram pelo nosso palco. “A Menina Akili e seu tambor falante – O Musical” venceu o 16º Prêmio da APTR (Associação dos Produtores de Teatro), na categoria “Melhor Espetáculo Infanto-Juvenil”, e voltou em sessão extra e gratuita em nosso canal do Youtube no mês de junho. Outra premiada foi “Meu filho só anda um pouco mais lento”, que ganhou o APTR de melhor atriz em papel coadjuvante para Maria Esmeralda Forte.

Entre os sucessos desse ano com ingressos esgotados, Enquanto Você Voava eu Criava Raízes levou ao nosso palco uma fusão entre teatro gestual e artes plásticas sensibilizando o público com a poesia dos gestos. Nosso palco também abriu espaço para projetos como Ondas Sonoras – Festival de Podcasts, em parceria com a Aliança Francesa, e o Festival Sounds & Talks, realizado pela Escola de Música e Negócios.

Para relembrar tudo o que rolou no Centro Cultural e no Teatro Oi Futuro em 2022 acesse aqui.

Inscreva-se e faça parte da nossa rede!
Receba informações sobre editais, cursos e programação

 

Confira a nossa politica de privacidade